Google Shopping começa a cobrar para mostrar produtos

Os itens eram classificados gratuitamente de acordo com a popularidade e preço. Agora o Google começa a cobrar uma pequena taxa para quem quiser usar o serviço.

Google Shopping começa a cobrar para mostrar produtos

Publicada: 01/06/2012

Para mostrar um produto no Google através do serviço Google Shopping, os vendedores precisam apenas fornecer alguns dados de cada produto. Os itens eram classificados de acordo com a popularidade e preço.

Bom, essa forma de divulgar o produto acabou e agora o Google vai começar a cobrar uma pequena taxa para quem quiser usar o Google Shopping como vitrine dos seus produtos. A notícia foi divulgada pelo The Wall Street Journal.

A empresa está tentando aumentar o tráfego no sistema de busca de produtos e, claro, de se tornar um nome cada vez mais forte no mercado de e-commerce. Hoje, o Google Shopping tem cerca de 80 milhões de buscas por mês, enquanto o eBay tem cerca de 900 milhões e a Amazon cerca de 335 milhões.

O Google ainda espera que os investidores vejam o seu serviço como uma boa maneira de promover seus produtos, aumentando, assim, sua credibilidade com os lojistas.

O serviço de Shopping já gera US$ 800 milhões por ano para o Google com os anúncios que aparecem próximos aos produtos. Com a cobrança da taxa, o Google pode aumentar a receita do serviço em até US$ 1 bilhão.

Tags: Google Google Adwords Google Shopping Links Patrocinados


Luana Costa

Jornalista, trabalha como Web Writer. Antenada no mundo da tecnologia, mas com um gosto cultural particularmente retrô. Usa a frase do autor norte-americano Bill Watterson - salve Calvin e Haroldo! - para se definir: "Pessoa simples, de gostos complexos."