Google “fecha as portas” de alguns produtos

Muitos produtos do Google não fizeram sucesso e devem ser eliminados da web

Google “fecha as portas” de alguns produtos

Publicada: 04/07/2012

Depois que Larry Page, co-fundador da Google, assumiu o posto de CEO, a empresa começou a eliminar produtos que não eram fundamentais para o negócio ou que caíram em desuso pela falta de popularidade.  Nessa brincadeira, mais de 30 funcionalidades do Google foram descartadas.

Uma das funcionalidades que o Google eliminou foi o Google Mini, que foi lançado em 2005 como uma opção menor e mais barata do Search Appliance. O aplicativo teve uma boa aceitação, mas sua funcionalidade é mais bem fornecida por outros produtos da empresa, como o Search Appliance e serviços hospedados na nuvem, como o Site Search e Commerce Search.

Outro que também chegou ao fim foi o Google Talk Chatback, que permite aos editores web inserir um widget do Google Talk em seus sites para se comunicar com os visitantes. Considerando o produto muito ultrapassado, o Google o desligou – hoje, os sites estão incentivando a usar a barra do Meebo.

Além desses, outros produtos do Google que estão sendo encerrados são o Google Vídeo – que terá seus vídeos transferidos para o Youtube e vai fechar as portas em agosto – e o iGoogle, homepage personalizada da empresa. O iGoogle foi lançado em 2005 e deve ser encerrado até 1º de novembro de 2013, dando aos usuários 16 meses para exportar e ajustar os dados no iGoogle.

Tags: Encerramento Google Produtos


Luana Costa

Jornalista, trabalha como Web Writer. Antenada no mundo da tecnologia, mas com um gosto cultural particularmente retrô. Usa a frase do autor norte-americano Bill Watterson - salve Calvin e Haroldo! - para se definir: "Pessoa simples, de gostos complexos."